CRIMINOLOGIA DE GARAGEM # 3 – SOBRE AS MARCHAS

Enquanto o blog hiberna pela saturação de compromissos profissionais, curtam oi Criminologia de Garagem # 3 – sobre as Marchas, comigo, Salo de Carvalho e Felipe Oliveira, trilha de Beirut, Rage Against the Machine e Yeah Yeah Yeahs.

CRIMINOLOGIA DE GARAGEM – BLOG

Estamos lançando – eu, Felipe Moreira (PUCRS) e Salo de Carvalho (UFRGS) – o blog do projeto Criminologia de Garagem, no qual discutimos alguns tópicos centrais da Criminologia em conjunto com o rock’n’roll.

Segue abaixo o link:

http://www.criminologiadegaragem.com.

CRIMINOLOGIA DE GARAGEM # 0

O Felipe Moreira de Oliveira, Professor da PUCRS, Salo de Carvalho, Professor da UFRGS e eu, por ideia do Felipe, nos reunimos com a ideia esse “programa” Criminologia de Garagem. O Salo já escreveu bastante e eu repito apenas:

No ar: Criminologia de Garagem, “Programa Zero“.
Resolvemos disponibilizar ao público a versão “zero” ou “demo”) do programa, com intuito de receber críticas e sugestões.
Assim, algumas explicações.
A ideia inicial era fazer um podcast, um programa exclusivamente de áudio. Quando fomos gravar percebemos que o estúdio fornecia a possibilidade de gravar áudio e vídeo. Gravamos ambos e ampliamos o projeto.
Como vocês irão perceber, a imagem é fixa e constante, circunstância que torna o programa um tanto quanto monótono.
Decidimos alterar este formato e que os programas serão limitados em sua duração: cerca de 15 o 20 minutos. De igual forma, serão diminuídos os vídeos – pensamos em torno de 02 por programa. A trilha sonora, portanto, tenderá a ser a música de fundo que servirá de base à discussão. As músicas mais relevantes serão disponibilizadas em forma de clip.
Neste “demo” o tema-problema é “a crise do ensino jurídico”. Em realidade, discutimos a própria motivação do programa, isto é, realizamos um programa sobre o programa, uma espécie de exposição de motivos.
Bueno: divirtam-se, enviem seus comentários e “Long Live Rock ‘n’ Roll!

Também estou reproduzindo por aqui para críticas e sugestões. Nos primeiros dois blocos falo mais de música, do Radiohead. No último bloco, lá 39, 40min, falando sobre o ensino jurídico propriamente dito. Fiquem à vontade, mas me poupem do bullying! 😀