MÁS RECORDAÇÕES

Em 2006, o Grêmio formou sua melhor equipe desde 2001, com aquela máquina de 3-5-2 que Tite havia montado e que inclusive inspirou a seleção campeã do mundo (não só porque Felipão montou a equipe no mesmo esquema, como porque inclusive foi eleito pelos internautas como o time que poderia representar o Brasil nas eliminatórias). A equipe formada por um Mano Menezes sem o prestígio que tem hoje (havia cometido erros crassos no ano anterior, dentre os quais colocar Anderson no banco) de repente não apenas encontrou sua formação ideal (potencializando as virtudes de todos os atletas), como foi a primeira a usar, com precisão, o esquema 4-5-1 – usado na Europa sobretudo por José Mourinho – com perfeição no Brasil. Lembremos um pouco aquele time.

Galatto ainda tinha no bolso o lucro do pênalti defendido na Batalha dos Aflitos, embora não passasse a segurança absoluta de, p.ex., um Darnlei ou um Victor. As laterais eram, inquestionavelmente, o ponto fraco: Patrício (que no entanto marcava) e Wellington (um nada e nada mais) ou Anderson Pico (jovem promessa que nunca estourou por falta de disciplina mínima). Na reserva, tínhamos ainda o bom Alessandro, mas Mano prefiria o utilizar no meio-campo (como hoje se usa Lúcio). Mas, fora essas fraquezas, o resto era um time sólido: William e Evaldo eram rochas na zaga (William foi um dos zagueiros que conheci com maior capacidade de tornar qualquer companheiro de defesa eficiente), Jeovânio um leão-de-chácara na frente da área, acompanhado de Lucas, volante extremamente técnico e perfeito para a função. À frente deles, numa linha em que os dois meias extremos ora atuavam como pontas, ora fechavam o meio, Léo Lima, jogando como nunca, e Tcheco, eficientíssimo (e ainda marcava) e Hugo na sua melhor fase. Rômulo fechava razoavelmente o ataque (sem prejudicar, mas como o ponto mais fraco). Coloquem no youtube e vejam a quantidade de GOLAÇOS que essa equipe produziu.

Mas não parava por aí, pois ainda tínhamos um banco que ajudava sempre: Maidana e Pereira para a defesa (que, como Evaldo, jogavam muito com William); SANDRO GOIANO para ser volante (só mesmo Lucas para deixá-lo no banco); Ramón (na época marcando gols) e Rafinha (meia criativo, veloz e arisco) como opções de meias e Herrera como opção no ataque.

O que precisávamos? Simples: dois laterais e um centroavante para ser titulares. Só. De repente dava até para ficar com Patrício e nos contentarmos com um lateral-esquerdo apenas, onde o problema era crônico. Mas o que aconteceu? Odone perdeu 9 jogadores. Não é brincadeira, leitor, foram 9 jogadores: Evaldo, Maidana, Rafinha, Hugo, Léo Lima, Rômulo, Herrera, Wellington e Jeovânio. Desses, digamos que apenas os casos de Wellington (por incompetência) e Léo Lima (por indisciplina) se justifiquem. O resto foi de perdas desastrosas.

Em 2007, como tínhamos um grande técnico, ainda se conseguiu montar a tempo uma boa equipe e fomos longe na Libertadores. Se tivesse sido mantida a base (e, p.ex., trocados Wellington, Léo Lima e Rômulo por Lúcio, Diego Souza e Tuta), talvez tivéssemos batido o Boca na final.

Por que falo disso? Porque Odone parece ir para o mesmo caminho. Apesar de contar com um grande trabalho no ano anterior, desgastou a equipe com o episódio Ronaldinho (que, apesar de canalhice monstruosa da família Assis Moreira, todo mundo concorda deveria ter sido tratado nos bastidores) e agora perde um dos dois principais jogadores, Jonas. Que milagre Renato terá que fazer dessa vez?

É bom lembrar que, depois de encher o saco depois da perda de tantos jogadores, Mano pediu o boné (como lembra o amigo @otaviobinato no twitter). Sem um movimento rápido, as perspectivas são sinistras para o Grêmio de 2011.

Anúncios

5 respostas em “MÁS RECORDAÇÕES

  1. tô com a mesma sensação: parece ser uma questão de convicção do Odone, enxuga os gastos e vai com o que der.
    uma pequena correção: em 2006, não era o Pico que revezava com o Wellington, e sim Bruno Teles, que acabou ganhando a posição que Alejandro Escalona também almejava.
    incrível como alguns jogadores, mesmo jovens, perdem capacidade competitiva: Hugo, hoje, seria um bom reserva, e só. Naquele time ele era um dos craques incontestáveis.
    Eu gostava do Rômulo, acho que precisávamos só de um goleiro (que não Saja) e laterais. Mas com a saída do Jeovânio, a principal contratação para 2007 era um primeiro volante. Carrapato. Leão-de-chácara. JAMAIS GAVILÁN.
    E nesse ano precisamos, desde ontem, de um velocista chutador fodão para o ataque, além do zagueiro pela esquerda e o lateral esquerdo.
    e os cupins?
    abraços

  2. Só discordo em relação ao lateral-esquerda. Eu contrataria um terceiro homem de meio (mezzo marcador, mezzo armador, estilo Tcheco) e passaria o Lúcio para a lateral, com o Gilson no banco. Também NÃO CONSIGO ENTENDER o processo de queimação do Mailson, que acho no mínimo um bom reserva nessa posição.

  3. IDENTIFIQUEI o problema, esses dias.

    O problema esta no fato de que a diretoria gremista realmente acha que SABE conversar para que os jogadores fiquem “NO AMOR”.

    E nao sabe. Sequer sei se isso seria possivel, mas se tem alguem que NAO SABE fazer isso, esses sao os responsaveis pelo futebol do Gremio.

    As coisas se desdobram no seguinte roteiro: “1. Oferta de contrato ridiculo abaixo de qualquer proposta de qualquer mercado” – “2. Desespero e posterior oferta absolutamente inconsequente monetariamente (vide Ronaldinho)” – “3. MANIFESTO votimista na imprensa dizendo que o jogador nao tem arater”.

    Perdoem pelo Flamenguismo, mas MALANDRO é Malandro….já dizia Bezerra

  4. lembrei agora: foram 10 as perdas.
    Alessandro (que até hoje é titular do Corinthians) também foi embora (para o Santos), e jogou toda a semifinal na Vila Belmiro às costas do Lúcio…provando que este, por mais que alguns insistam, não é lateral-esquerdo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s